Administrar, Organizar e Facilitar a Rotina Doméstica


Administrar e organizar as tarefas diárias do lar é uma rotina um pouco chata e cansativa, mas adquirindo pequenos hábitos, modificando as formas de realizar o que tem que ser feito e programando as atividades, o dia-a-dia torna-se mais leve e a organização passa a fazer parte do nosso cotidiano. Para começar, analise o ambiente, doe o que não usa mais, jogue fora o que não tem mais utilidade e arrume tudo de uma forma prática e fácil de manter organizado. Uma casa limpa, com armários, gavetas e despensa organizadas, com contas e documentos guardados e em ordem e uma cozinha prática e eficiente, deixa a vida muito mais tranquila. Depois é só fazer um Programa de Organização que vai variar de acordo com o tempo e os horários disponíveis. Aqui você encontra dicas e sugestões para montar sua programação pessoal, para se organizar e ter uma vida mais gostosa e feliz.

domingo, janeiro 11, 2015

Uso consciente do Cartão de Crédito

   Se você é uma pessoa controlada com suas finanças, sabe equilibrar de um modo saudável suas receitas e despesas o  Cartão de Crédito usado com critério pode ser uma boa opção de pagamento e um instrumento para controle dos gastos, pois centraliza todos os pagamentos num único lugar, a fatura, deixando de lado os famosos carnes de pagamentos ou cheques pré-datados.
       Observando  algumas dicas, como as melhores datas para fazer suas compras, pagar as faturas em dia, e no valor total da mesma, respeitar o limite do orçamento, o Cartão de Crédito é um valioso instrumento de parcelamento, ganho de prazo para compras a vista, bem como a possibilidade de sair para fazer compras sem levar dinheiro na bolsa.    
        Nunca considere o limite do Cartão de Crédito como uma renda mensal, e evite pagar o valor mínimo da fatura e entrar no crédito rotativo pois os juros são bem elevados e pode transformar uma dívida pequena numa grande dor de cabeça.
      Evite possuir muitos cartões, se apenas um basta para suprir suas necessidades, cancele os outros, evitando assim gastos desnecessários com anuidade, compras por impulso, e se precisar de mais prazo negocie a dívida com a administradora.
        Avise imediatamente o banco ou administradora no caso de perda ou roubo do cartão pois somente no caso haver seguro, as despesas efetuadas até a data do comunicado serão de responsabilidade da seguradora até o limite contratado.
        Mas se não conseguir organizar suas finanças e não tiver controle de seus gastos o melhor é esquecer o Cartão de Crédito e usar sempre o Cartão de Débito, evitando assim o endividamento descontrolado.